Sinais de que sua testosterona esta baixa!

Sinais de que sua testosterona esta baixa!

A testosterona, falando sem rodeios, e o hormônio que faz nós homens sermos homens, já que ele é o principal hormônio atuante no organismo masculino.

Ela é sintetizada a partir do colesterol, ou seja, trata-se de um hormônio esteroide.

Sua importância no nosso organismo é enorme e sua presença ou principalmente sua deficiência é capaz de interferir em diversas funções no corpo de um homem.

Quando a testosterona encontra-se deficiente ela afeta diretamente o seu apetite sexual, seu humor, seu sono,sua energia…

Além de prejudicar a qualidade das suas atividades cerebrais e cardiovasculares, interferindo no seu metabolismo,  na gordura corporal, e inclusive na saúde óssea.

Que ela é tão importante acho que você já sabia não é mesmo? Mas hoje você aprenderá e conhecerá os sinais de quando ela está baixa, ou até mesmo insuficiente no organismo do homem.

 

A testosterona e suas responsabilidades

Hormônio atarefado é essa testosterona! Você sabia que apesar de ser comumente associada à libido, a testosterona cumpre mais de 200 funções em nosso organismo?

Veja abaixo as atribuições mais importantes da testosterona:

  • Regulamento da capacidade reprodutiva do homem
  • Estimular a produção de espermatozóides
  • Crescimento de barba e dos pêlos corporais
  • Aumentar a massa muscular
  • Ativar as áreas cerebrais responsáveis pela libido e sexualidade
  • Engrossamento da voz
  • Fortalecer a estrutura óssea
  • Maturar o sistema reprodutor e os órgãos sexuais do homem
  • Oferecer ao corpo Energia para as atividades em geral
  • Poder de cognição
  • Bom funcionamento do coração (este é o órgão com maior quantidade de receptores da testosterona)
  • Formação muscular.

 

Mesmo sendo um hormônio presente no corpo masculino, a testosterona também está presente no organismo feminino, mas em menor quantidade. Em média, os homens possuem 30% a mais de testosterona que as mulheres.

Nos homens, a testosterona é produzida nos testículos e possui funções anabólicas e andrógenas.

As maiores atuações  da testosterona, aquela que são muito visíveis, ocorrem durante a adolescência, quando o seu nível está bem elevado, trazendo mudanças na voz, desenvolvimento dos músculos, crescimento de pelos pubianos e barba nos rapazes.

 

Assim como existe esse pico de produção na adolescência, é absolutamente normal que esta produção diminua ao longo da vida. Na idade adulta, a produção de testosterona vai diminuindo naturalmente, conforme a idade vai avançando.

Em geral, essa redução já pode acontecer por volta dos 30 anos e, se não for controlada, pode ser muito baixa ou mesmo insuficiente quando o homem chegar aos 40 ou 50 anos, quando o corpo entra na andropausa.

Mesmo essa diminuição sendo normal, quando ela fica com níveis muito baixos os efeitos são muito prejudiciais para o homem.

Como saber se sua testosterona está baixa

Nível de Testosterona pela idade

O corpo apresenta características muito específicas quando o hormônio da testosterona está sendo deficiente ou insuficiente.

Nosso corpo sempre dá sinais quando algo não vai bem. Como você percebeu, a testosterona e pra lá de importante e quando ela está baixa no organismo masculino, vários outros sintomas associados aparecem, veja só:

  • Disfunções sexuais
  • Diminuição significativa da libido
  • Diminuição da quantidade de barba
  • Perda de massa muscular
  • Desempenho sexual abaixo do normal
  • Depressão e ansiedade
  • Perda drástica dos pelos corporais
  • Osteopenia
  • Osteoporose
  • Aumento de gordura corporal
  • Alterações na fertilidade
  • Produção de espermatozóides diminuída
  • Acúmulo de gordura na região do abdômen

O que se nota é uma queda gradual na testosterona do homem conforme a idade avança, resultando em mudanças de comportamento e alterações de humor, perda de energia, fadiga, menor agilidade física e diminuição da libido e do desempenho sexual.

Além disso, o declínio dos níveis deste hormônio pode também ocasionar doenças cardíacas e ósseas diversas.

Por isso fique muito atento se você estiver com vários destes sintomas associados, pois pode ser que sua testosterona esteja em nível baixo e você não tenha percebido.

Mesmo nas mulheres, que naturalmente possuem níveis menores de testosterona, a baixa no nível deste hormônio também apresenta sintomas bem semelhantes aos que citamos ali em cima.

Porém, quando o oposto ocorre, ou seja, a testosterona aumenta de maneira expressiva na mulher, esta passa a apresentar características tipicamente masculinas, crescimento de pelos em excesso, engrossamento da voz, etc..

Sinais que a testosterona está normal e cumprindo seu papel

testosterona sintomas

  • Crescimento sadio de massa muscular
  • Perda de gordura corporal
  • Melhora da resistência sexual
  • Aumento da libido
  • Menores níveis de stress
  • Redução do colesterol ruim, o LDL
  • Maior resistência na prática de atividades físicas
  • Saúde óssea visivelmente melhorada
  • Capacidade mental mais apurada
  • Memória e raciocínio lógico ampliados

.

Causas da diminuição da testosterona

As causas mais comuns da diminuição da testosterona no organismo masculino podem ser de ordem hormonal, ou também devido à maus hábitos, como:

  • tabagismo
  • consumo indiscriminado de álcool
  • uso de drogas
  • obesidade
  • entre outros.

Quando o caso da testosterona estar baixa está relacionado a questões hormonais, em geral isso está associado com a andropausa, que é a popularmente conhecida “menopausa masculina”.

Entenda agora como isso acontece.

Andropausa e sua relação com as baixas de testosterona

A andropausa ocorre no homem entre 40 e 55 anos. Não possui um sintoma específico e de fácil percepção como nas mulheres, que param de menstruar.

A andropausa é um processo lento, podendo durar décadas.

Todavia, alguns fatores de risco podem desencadear essa situação antes do tempo,por isso cuidar da sua saúde como um todo torna-se de suma importância para evitar que a andropausa pinte antes do previsto na sua vida.

Evitando as situações que vamos mostrar agora e o primeiro passo para ter seus níveis hormonais em dia.

  • Evitando crises de estresse
  • Abolindo o consumo de cigarros
  • Consumir álcool com moderação
  • Cuidando-se a fim de evitar acidentes
  • Controlando o peso para não entrar na estatística da Obesidade
  • Parcimônia com o uso de certas medicações
  • Não praticar a automedicação
  • Deixando de lado os entorpecentes
  • Tratando diretamente Infecções severas.

Apesar de haverem casos de andropausa precoce desencadeados pelos fatores acima, lembre-se que com o avanço da idade, a tendência é que a queda hormonal ocorra de forma natural.

A maioria dos homens sentem a chegada da andropausa sem maiores incidentes. Porém, outros já apresentam sintomas associados que impactam de forma mais severa na saúde física e mental.

Se este é o seu caso, se a andropausa está afetando sua qualidade de vida, pense na possibilidade de consultar um médico clínico geral, endocrinologista ou urologista para avaliar seu caso com  atenção.

Níveis de testosterona por faixa etária

De acordo com a faixa etária do homem, os níveis de testosterona variam. Em geral, o valor gira em torno de 300 nanogramas a 900 nanogramas por decilitro de sangue.

 

FAIXA ETÁRIA DO HOMEM NÍVEL DE PRODUÇÃO DE TESTOSTERONA
25 a 35 Anos 100%
35 a 40 Anos 70% a 75%
40 a 45 Anos 65% a 70%
45 a 50 Anos 60% a 65%
50 a 55 Anos 55% a 60%
55 a 60 Anos 50% a 55%
Acima dos 60 Anos 45% a 50%

 

É possível perceber, que mesmo em um homem saudável, é absolutamente normal que a testosterona vá abaixando seus níveis conforme a idade vai avançando.

Porém, quando atinge níveis muito baixos, a queda ou insuficiência de testosterona apresenta reflexos negativos no organismo do homem, precisando de reposição.

Como saber se preciso buscar auxílio médico?

Se você apresentar vários sintomas daqueles mostrados ao longo deste artigo é de suma importância que você busque uma opinião médica apropriada.

Provavelmente o médico irá solicitar a você que realize um exame laboratorial para medir o nível de testosterona total a fim de verificar como estão os índices deste hormônio em seu organismo.

Mas antes de sair correndo para o médico, atente-se aos sintomas que podem indicar níveis de testosterona abaixo do normal;

Entre os sintomas mais comuns estão:

  • Pouco ou nenhum interesse sexual;
  • Esquecimento constante nas tarefas diárias;
  • Cansaço extremo e frequente (fadiga crônica);
  • Alterações de humor,
  • Dificuldade em criar massa muscular
  • Acúmulo exagerado de gordura (principalmente na área abdominal);
  • Sintomas de depressão;
  • Pouca quantidade de pelos no rosto (barba), no tórax e na região púbica;
  • Dificuldade em pagar no sono e mantê-lo;
  • Excesso de despertares durante a noite;
  • Sensação de dormir e nunca descansar o suficiente;
  • Ossos fragilizados e desenvolvimento de osteoporose.

Fique tranquilo, pois se você tem um ou dois sintomas, pode ser outra coisa, ou mesmo fruto do stress diário ou hábitos pouco saudáveis.

Os casos severos de baixa testosterona, em geral incluem vários sintomas desta lista, não apenas um ou dois sintomas isolados.

Mas na dúvida, se você perceber que estes sintomas estão  alterando sua qualidade de vida, sempre consulte um médico, afinal precaução nunca é demais quando o assunto é saúde. O profissional poderá prescrever tratamentos de reposição hormonal se o caso pedir isso.

Já falamos aqui no nosso blog sobre suplementos para aumento da testosterona.

Como você notou, a testosterona é fundamental para uma boa qualidade de vida do homem.

Por isso, se desconfiar que esse hormônio está baixo em seu organismo, não hesite em ir ao médico.

Mas antes , aproveite para conhecer nossos aparelhos enianos que irão aumentar seu pênis. com resultados reais e comprovados pelos depoimentos dos nossos clientes pra lá de satisfeitos!

Invista na sua autoestima já com o VacExtensor!

 

CONHEÇA NOSSO GRUPO VIP NO TELEGRAM

VAC EXTENSOR CLUB

Grupo do telegram

Deixe uma resposta