Porque você deve aprender o Kama Sutra?

Porque você deve aprender o Kama Sutra?

Com certeza você já ouviu falar do Kama Sutra não é mesmo?

Mas se você, como a maioria dos homens só conhece este livro por “ouvir falar”, mas sem aprofundamento, leia este artigo até o fim e surpreenda-se em como esta obra vai apimentar sua relação e proporcionar momentos de prazer incríveis para você e sua parceira!

A história do Kama Sutra

Esse livro milenar traz ensinamentos que apesar de antigos, são atuais para aplicação com sua parceira entre quatro paredes.

É um dos livros mais antigos da história mundial.

Foi escrito na Índia no século IV d.c. por um sábio e filósofo hindu chamado Vatsyayana e além de apresentar 64 posições sexuais, ele busca enfatizar a arte do amor.

Para isso, traz dicas para esquentar o relacionamento, sem dar enfoque apenas nos órgãos genitais, a obra prega que o um homem deve praticar o sexo com a sua parceria envolvendo todos os cinco sentidos, além da mente e da alma, bem como usando e abusando de unhas, mordidas, tapinhas (tapinha de amor não dói!), beijos, entre outros.

Ao contrário do que se prega por aí, de que o Kama Sutra é um livro que fala exclusivamente de sexo, ele traz ensinamentos sobre vários temas, desde relacionamentos até dicas de arrumação da casa.

Traduzido para o português significa: Kama – amor carnal, Sutra – conjunto de ensinamentos.

Originalmente foi concebido com a ideia de ser um manual amoroso, levando estes conhecimentos aos homens nobres da Índia na época em que foi escrito por Vatsyayana.

Analisando a fundo, a proposta do livro é essa: incentivar a conexão das almas por meio da conexão dos corpos durante o sexo.

A filosofia hindu que norteia o Kama Sutra trabalha lado a lado com a ideia dos chakras: conceito que vem do sânscrito e significa “roda”, “disco”, “centro” ou “plexo”.

Nesta filosofia os chakras são percebidos por clarividentes como vórtices de energia vital, espirais que giram em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo.

Sendo assim, as posições do Kama Sutra visam proporcionar o máximo de prazer tanto para o homem quanto para a mulher, o que é uma ideia super atual quando se pensa em quanto tempo passou desde que o livro foi escrito.

Contexto histórico da escrita do Kama Sutra

O que se sabe sobre o contexto histórico da escrita do Kama Sutra é que era uma época de Ouro na Índia. Porém, sobre a história do autor, se sabe pouco ou quase nada.

Era uma época onde a sociedade urbana indiana vivia um período movimentado pelas rotas de comércio e de peregrinação, o que criava uma atmosfera bem sensual.

O público alvo do livro de Vatsyayana eram os narakas, os habitantes das cidades.

Na sua criação, o Kama Sutra objetivava ensinar o sexo como uma ciência, a ciência do amor.

Na Índia antiga, o Kama Sutra era um tipo de ensinamento obrigatório para os homens, um treinamento compulsório para o homem que desejasse se transformar em um líder bem sucedido e também um marido seguro e confiante no amor de sua esposa.

O Kama Sutra divide-se em três etapas: Karma, Darma e Artha. Entenda cada um deles:

  • Karma: Era o treinamento para o homem transformar-se num líder ideal e num marido exemplar;

  • Darma: Nessa parte o homem aprendia o dever e a tarefa religiosa de cada um.

  • Artha: Aqui aprendia-se a necessidade fundamental de conhecer e conquistar a riqueza com o passar dos anos.

O Kama Sutra ressaltava a importância desses três objetivos, e não somente a parte sexual do manual.

Estas doutrinas também eram ensinadas para as mulheres, coisa que provavelmente na época da escrita seria considerada imoralidade e devassidão nos países ocidentais, onde o poder do Cristianismo e da Igreja Católica aumentavam de forma visível, criando uma sociedade focada no Teocentrismo e exacerbada de pudores.

Ainda bem que vivemos no século XXI não é mesmo? Então vamos ao próximo tópico e descubra as vantagens de testar o Kama Sutra.

Vantagens de testar o Kama Sutra

 

O livro apresenta 64 posições para enlouquecer sua parceira, não só com o sexo em si, mas conhecendo toda a arte do erotismo, usando a seu favor o ambiente, a pessoa e a situação da interação.

Nesse sentido, o Kama Sutra também apresenta dicas para usar artefatos que estimulem o erotismo, como: velas, óleos aromáticos, comidas afrodisíacas, perfumes e músicas, tudo isto voltado para seu momento pleno de amor.

Se sua parceira tem receio de inovar quando o assunto é sexo, usar o Kama Sutra é uma boa pedida, já que muitas posições sexuais mostradas ali você com certeza já usou na prática.

Mostre a ela quais são, para que ela encare tudo com muita naturalidade desde o início.

Para ajudá-lo a convencer sua parceira, apresente os seguintes argumentos:

  • Sair da rotina, apimentando a relação;

  • Encontrar formas novas de dar e receber prazer;

  • Descobrir desafios na intimidade sexual;

  • Reforçar a cumplicidade e intimidade do casal.

Posições do Kama Sutra para praticar já!

O Kama Sutra apresenta 64 posições sexuais diferentes e todas ilustradas.

Ao lê-lo, você não se surpreenda se já tiver praticado algumas delas sem saber que estavam neste compêndio tão famoso!

O livro apresenta posições das mais variadas, até algumas mais corriqueiras, para quem é inseguro ou tem pouca flexibilidade (risos!).

Selecionamos 10 posições pra você iniciar a praticar desde já.

A águia:

A Águia é uma das posições mais comuns entre os casais; no caso esta posição você praticava e nem sabia!

Digamos que é um papai-mamãe personalizado.

É só segurar as pernas da mulher abertas, já que afinal, todo homem curte apreciar a vagina da parceira enquanto seu pênis o penetra.

O Beijo do súdito:

Essa posição é de nível bem básico e além de tudo funciona como uma ótima preliminar para esquentar a parceira. Sua gata deve se ajoelhar em torno da sua cabeça para que você pratique sexo oral nela.

Você deixa ela livre para conduzir a situação.

O clássico 69:

Esta posição tão difundida também é uma das mostradas no Kama Sutra!

Dispensa maiores explicações já que tenho certeza que você já usou!

69 suspenso:

Uma variação da posição acima, só que, neste caso, uma pessoa fica em pé, de preferência apoiada em uma parede, enquanto a outra fica de cabeça para baixo e com as pernas entrelaçadas no pescoço do parceiro.

Precisa muita destreza para esta aqui ok?

A Dança das Borboletas:

Uma posição relativamente fácil. ambos devem entrelaçar as pernas sentados em posição de borboleta, um de frente para o outro.

Com a parceira sentada nesta posição, você consegue estimular o clitóris levando ela rapidamente ao clímax.

Cadeirinha:

Recomendamos esta posição se você tiver força para segurar a sua parceira, já que você deve ficar em pé, com ela entrelaçada em torno da sua cintura.

O ideal é que você esteja encostado numa parede para oferecer mais equilíbrio e força durante a penetração.

Dominando o garanhão:

Quando ela estiver por cima você flexiona as pernas.

Esta posição estimula ainda mais o ponto G e a mulher tem mais controle sobre o ritmo e a profundidade da penetração (possibilitando aumento de chances de um orgasmo vaginal).

Você , com as mãos guiando o quadril dela, também pode ditar o ritmo.

Abraço íntimo:

Se seu objetivo é romantizar o momento essa posição é muito indicada. Você ficará sentado na beira da cama ou do sofá, com os pés apoiados no chão.

Sua parceira sentará de frente pra você , colocando as pernas ao redor do seu corpo.

A vantagem desta posição é que você olhe nos olhos dela, adicionando beijos e carícias ao longo da transa.

Balanço sensual:

Aqui você vai deixar a gata dominar o assunto, já que ela vai sentar em cima de você, apoiando os pés no seu peito, próximo à região dos ombros. Isso vai possibilitar uma visão privilegiada do corpo dela pra você.

A Esposa de Indra:

A mulher deve estar deitada, erguendo as pernas e você, de joelhos, a penetra. Você deve sustentar os pés dela com o abdome. Esta posição é para casais mais “resistentes”, já que a mulher pode sentir dores lombares após um tempo.

O Cadeado:

Uma opção para quem gosta de fugir da rotina e explorar outros ambientes da casa além do quarto, esta posição deve ser feita, preferencialmente, sobre uma mesa ou superfície mais alta, dependendo da sua altura.

Com a gata sentada na beira da mesa, enlaçando você com as pernas, permite uma penetração profunda que vai deixar sua mulher louca.

Tesoura:

Uma das posições mais famosas do Kama Sutra. Você deve ficar deitado de lado e apoiado em um dos braços, com a perna fechada.

A parceira também deita ao seu lado, mas com a cabeça em direção aos seus pés e de costas para você.

Desse jeito, faça ela enganchar uma das pernas em volta da sua cintura, facilitando a penetração. Você pode completar o prazer dela acariciando seu clitóris!

Árvore:

Outra posição para quem gosta de transar em pé. Você e a parceira ficam em pé um de frente para o outro. Durante a penetração, segure uma das pernas dela para cima e levante ligeiramente do chão.

O ideal é que você retire e coloque o pênis inteiramente a cada investida para aumentar o prazer dos dois!

Cachorrinho com Apoio:

Sua parceira deita com um travesseiro ou dois na região abdominal para que você possa entrar por trás.

Com o apoio adicional, a região lombar não vai doer e a penetração melhora. Essa é uma posição mais profunda para elas e na qual o homens que possuem o membro menor levam vantagem.

Bailarina Agachada:

Essa já é uma posição nível hard. Você fica deitado de barriga para cima, com as pernas flexionadas.

Com a parceira na ponta de seus pés, ela deve se agachar em cima do seu pênis. Lembre que para essa é preciso um pouco de preparação física, pois os joelhos podem doer depois de algum tempo.

Chave de Coxa:

Esta também exige um pouco mais de preparo físico, especialmente no equilíbrio.

A gata fica no sofá ou na cama com os ombros apoiados, enquanto você segurando as pernas dela em torno da cintura.

É uma posição pra lá de prazerosa, por isso coloque mais fogo ainda estimulando o clitóris dela.

Entrelaçados:

Ajoelhado, você atravessa a perna esquerda dela, enquanto ela dobra a perna direita ao lado do corpo. A mulher vai sentir a penetração profunda, enquanto você pode liberar suas mãos para acariciar e estimulá-la.

Como é uma posição relaxante, isso significa orgasmos melhores e mais fáceis para elas.

Para o homem é uma posição boa para fazer quando ele estiver cansado ou quiser demorar mais para gozar.

A picada do Escorpião

Vocês dois começam deitados de barriga para cima, seu corpo embaixo do dela.

Ela se inclina, de joelhos, sobre as próprias costas, enquanto você a abraça e acaricia seus seios e estimula o clitóris.

Quando os dois estiverem bastante excitados, o pênis entra na vagina e começa a penetração de uma maneira frenética e intensa.

Se os dois não tiverem sido muito apressados nas preliminares, o orgasmo chega rápido.

Mas cuidado, pois esta é nível hard de dificuldade.

Nirvana

O Nirvana possui semelhanças com o papai e mamãe, mas as sensações são pra lá de diferentes. Porquê?

Pois aqui a mulher fica com as pernas juntas e você posiciona a coxa por fora delas. Isso promove um grande estímulo ao clitóris da sua parceira, enquanto nós aproveitamos uma deliciosa penetração apertadinha.

Com todas estas dicas, ficou curioso para ler o Kama Sutra e aplicar com a sua gata?

Além disso, se você procura melhorar sua vida sexual e sua autoestima está na hora de testar o Vac Extensor, um extensor peniano recomendado por médicos urologistas.

Nosso produto proporcionará a você, aumento peniano real, sem enganações. Somos uma empresa consolidada no mercado, venha conhecer!

Atendemos de forma discreta e sigilosa. Conheça nossos acessórios.

Contate-nos agora mesmo via whatsapp! Acesse nosso site que o direcionaremos ao canal de atendimento!

4.8 (96.67%) 6 votos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu
×

Carrinho

Nosso WhatsApp