Doenças relacionadas à ejaculação precoce

Doenças relacionadas à ejaculação precoce

Cada vez mais os consultórios terapêuticos têm ouvido queixas de homens sobre as dificuldades para ejacular no momento desejado durante a relação sexual. A causa da ejaculação precoce é desconhecida, mas alguns médicos atribuem fatores psicológicos e biológicos a existência desse problema em homens adultos. Quando os pensamentos de culpa se repetem a cada transa mal sucedida, o homem precisa procurar um médico especialista para resolver o problema e não entrar em depressão.

Muitos homens têm dúvidas sobre esse assunto e não sabem dizer se tem ou não ejaculação precoce. Para saber a resposta, o casal deve perceber se a ejaculação ocorreu de forma incontrolável durante o ato sexual. Não há um tempo exato para definir se foi rápido demais, geralmente os médicos usam como parâmetro os primeiros dois minutos da relação sexual para considerar se o caso é de ejaculação precoce. Em alguns casos o pênis mal enrijece e o homem já ejacula. Muitas vezes isso ocorre nos primeiros movimentos de penetração causando frustração a parceira.

Veja agora algumas doenças relacionadas à ejaculação precoce.

Disfunção erétil

As consequências da ejaculação precoce vão mais além, alguns homens podem vir a sofrer de disfunção erétil por conta disso. Esse problema ocorre quando o homem tem dificuldades para atingir ou manter a ereção do pênis. Quando o cérebro dispara a mensagem de estímulo sexual o pênis se enche de sangue e fica ereto. Homens com problemas cardiovasculares, diabetes e outras doenças podem ter seu desempenho sexual comprometido.

Dependência química

Outra doença que pode afetar o desempenho sexual do homem é o vício em álcool e substâncias entorpecentes. A ingestão excessiva de bebida alcoólica afeta o sistema nervoso central, prejudicando os estímulos que levam ao clímax. Muitos homens com ejaculação precoce cometem o erro de usar o álcool para retardar a ejaculação, porém uma quantidade exagerada de bebida pode prejudicar a ereção.

O homem quando entorpecido de maconha, cocaína ou crack também pode ter problemas de disfunção erétil. Tanto os alcoólatras quando os dependentes de drogas sofrerão em algum momento da vida com a ejaculação precoce, por isso a melhor solução para o problema seria procurar tratamento para abandonar os vícios.

Ansiedade

A ansiedade é um estado psíquico de medo e aflição relacionado à antecipação de situação que causem preocupação. A tensão frente a alguns problemas é considerada normal até certo ponto, uma vez que atinge um grau extremo torna-se patológica. Assim, começa a ocorrer problemas emocionais que afetam vários momentos prazerosos da vida, como a relação sexual. Durante o ato, a ansiedade se manifesta pela ejaculação precoce, quando o homem não consegue controlar sua excitação e acaba ejaculando antes do momento desejado.

Algumas causas psicológicas que levam a ejaculação precoce:

– Sentimentos de revolta e ódio para com a parceira;

– Estado depressivo de tristeza profunda;

– Medo de engravidar a parceira ou de não satisfazê-la como gostaria;

– Timidez ou falta de conhecimento em relação a prática sexual;

– Relações anteriores mal sucedidas;

– Traumas sexuais da infância, como estupro ou abuso sexual;

– Problemas profissionais ou amorosos que preocupam o homem.

O que achou desse artigo? Deixe seu comentário.

VEJA COMO CONTROLAR A SUA EJACULAÇÃO COM SAÚDE

0

Deixe o seu Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.