Orientações Urológicas Preventivas

Orientações Urológicas Preventivas

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) é uma associação científica sem fins lucrativos, representativa dos médicos brasileiros especializados em Urologia, especialidade clínica e cirúrgica responsável pelo diagnóstico e tratamento das enfermidades do sistema urinário de ambos os sexos e do sistema genital masculino.

A entidade foi fundada em 13 de maio de 1926 e possui hoje 24 seccionais espalhadas pelo Brasil com a função de coordenar e monitorar a atividade urológica em seus Estados. A SBU congrega hoje cerca de 90% dos urologistas brasileiros, ou seja, mais de 4 mil profissionais, que, dentro da entidade, se dividem em nove categorias, desde o aspirante até o honorário.

Cerca de 90% dos urologistas são homens. A maioria trabalha na região Sudeste (58%), o Sul possui 16,5%, Nordeste 14%, Centro-oeste 8,2% e Norte 3,3%

 

Veja algumas Orientações Urológicas:

  • As crianças devem ser avaliadas por um urologista para verificar problemas relacionados à fimose, ao criptoquirdismo (o testículo que não desce da barriga para a bolsa escrotal), entre outros assuntos.

 

  • Todo pré-adolescente deve visitar o urologista para avaliação genital. Essa consulta poderia diagnosticar problemas como tumores nos testículos, comum nessa faixa etária.

 

  • A ingestão abundante de água (de seis a oito copos) ao longo do dia deve ser hábito na prevenção de cálculos renais.

 

  • A visita a um urologista a partir dos 40 anos para quem tem casos na família de câncer de próstata, ajuda no diagnostico precoce da doença. Quem não tem casos na família pode começar o check up anual a partir dos 45 anos.

 

  • Lavar muito bem o pênis com água e sabão após relações sexuais puxando o prepúcio é a prevenção ao câncer de pênis.

 

  • Usar camisinha é uma forma de se prevenir de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

 

  • A qualquer sinal de disfunção erétil, procure um urologista e não se automedique. A impotência, como é popularmente chamada, pode ser conseqüência de outros problemas como cardiopatias (problemas do coração) e diabetes.

 

  • Depressão, falta de desejo sexual, perda de energia, cansaço podem ser sintomas do Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino (DAEM), conhecida popularmente como Andropausa. Não há prevenção para o problema, mas é importante aos primeiros sinais procurar um urologista para uma avaliação. O DAEM é mais comum em homens a partir dos 60 anos.

 

Fonte: Soc. Brasileira de Uroligia

 

 

0

Deixe o seu Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.