Os piores erros para se cometer na hora da transa

Os piores erros para se cometer na hora da transa

1. Achar que têm um impulso sexual mais forte que o feminino
Elas vivem mais cansadas e isso altera os hormônios, e a a libido. Além disso, fatores emocionais influenciam na vontade de transar delas. Nós, nos excitamos só com o pensamento

2. Achar que as mulheres querem sexo carinhoso em vez de sexo selvagem
Elas querem mesmo uns toques mais delicados, principalmente no começo da transa, mas um sexo mais animal é bom e todo mundo gosta! Conversa com a sua mulher pra saber o que ela quer.

3. Continuar apegados ao mito de que as mulheres só chegam ao orgasmo com penetração
Só 30% das mulheres tem orgasmos por penetração e eles nem sempre são tão intensos quanto os clitorianos. Por isso, use bem mãos e língua.

4. Pensar que todas as mulheres querem pênis enormes
“Eu amo pênis pequeno” realmente não é uma frase ouvida com frequencia. Entretanto, a grande maioria das mulheres não gosta de pênis descomunais. Machuca, incomoda, sabe? Diâmetro conta mais!

5. Achar que sexo é só sexo se incluir o coito vaginal
É a tal história das preliminares. Divida o ato sexual em partes: sexo oral, estimulação com as mãos, beijos aqui e ali e penetração. Cada transa vai perdurar indefinidamente. E sem o risco de ejacuçação precoce.

6.Achar que ela vai ficar impressionada com trocas de posições ao longo da transa
Se você insistir em dar um de atleta sexual no começo de relacionamento, sua namorada vai morrer de tédio. Com o tempo, vocês vão descobrindo de que jeito sentem mais prazer e podem ir variando, mas sem ser um samba doido.

7. Querer apressar a parceira
Para elas atingirem o orgasmo, muitas coisas estão em jogo: estado emocional, se beberam ou não, se as preliminares foram legais… Se você estiver fazendo sexo oral nela, por exemplo, o tempo médio para se atingir o clímax é de 20 minutos. Pô, 20 minutos cansa, né? Não apresse. Se a língua começar a doer, relaxa o músculo e deixe a garota te guiar.

0

Deixe o seu Comentário