Maconha desativa funções do esperma e diminui fertilidade

Maconha desativa funções do esperma e diminui fertilidade

Maconha desativa funções do esperma e diminui a fertilidade

A maconha é uma droga de efeito entorpecente muito conhecida em todo o mundo. Trata-se de uma planta oriunda da Índia que contém mais de 400 substâncias químicas. Seu principal componente ativo é o tetraidrocanabinol (THC), que age diretamente no cérebro, interferindo também nas funções do esperma. A Universidade da Califórnia mostrou que a maconha (cannabis sativa) pode causar infertilidade.

Outro estudo na Conferência anual da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva de San Antonio, revelou que homens que utilizam maconha ficam com uma quantidade bem menor de espermatozóides, em função da pequena quantidade de fluído seminal fabricado pelo organismo. Por exemplo, homens que fumam maconha mais de quatro vezes na semana, por mais de seis meses acabam tendo uma queda no volume de sêmen.

Outra questão é a queda da concentração dos espermatozóides quando diminui os hormônios masculinos e a testosterona, assim surgem células infecciosas. Esses níveis dependem da quantidade e frequência de maconha consumida pelo usuário. Fumantes com o peso elevado podem ter a sua produção de espermatozóides zerada, causando infertilidade.

Na maior parte do tempo os espermatozóides ficam sem movimento dentro do corpo do homem. Ele precisa ser possante na hora certa para se mexer quando estiver se deslocando para unir-se ao óvulo feminino. Ao fumar maconha todo esse ciclo natural fica bagunçado. Ao ser ativado antes do necessário tudo acaba ocorrendo fora do tempo e os espermatozóides acabam entrando em queima antes de alcançarem o óvulo e completarem a fertilização.

O estudioso Yury Kirichik, através de uma pesquisa relata que os espermatozóides estão inflados como um balão, com partículas de carga positiva chamadas de prótons. Fumando maconha todos esses prótons são liberados a qualquer momento fazendo os espermatozóides se moverem antes da corrida até o óvulo feminino. Esse movimento causa desgaste, assim quando for o momento certo de correr estará enfraquecido e não alcançará o óvulo.

Se você é usuário de maconha descubra se seu esperma está com problemas

O primeiro passo é procurar um urologista que indicará um espermograma, dependendo do caso. Esse exame serve para avaliar o nível físico e químico do sêmen masculino e analisar as características dos espermatozóides capazes de fertilizar um óvulo. Se o resultado do exame for positivo deve ser repetido para não restar dúvidas.

O médico irá recomendar o tipo de tratamento de acordo com o resultado do exame. Não será em todos os casos que acontecerá a cura, irá depender da situação de cada paciente. Deixar de consumir maconha é a melhor solução para esse problema.

A maconha afeta o bebê de gestantes?

Homens e mulheres que usam maconha podem gerar um filho com problemas de saúde. As gestantes têm chances de ter má formação da placenta levando a um aborto espontâneo. Consumir maconha durante a gestação é extremamente prejudicial ao bebê retardando seu desenvolvimento.

Aumente seu pênis

Conheça o Vac Extensor

Você tem algum problema de saúde que causou infertilidade? Deixe seu comentário ele é muito importante para nós.

 

 

0

Deixe o seu Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.