Brasileiro é o 2º povo que mais transa

Brasileiro é o 2º povo que mais transa

Quando se fala em atividade sexual o primeiro pais que vem a cabeça é o Brasil. Uma pesquisa mostrou que em nosso país homens e mulheres praticam muito sexo. A Grécia levou a medalha de ouro porque os gregos transam em média 164 vezes por ano. Já os brasileiros têm 145 relações sexuais dentro de 12 meses. A pesquisa aponta que os brasileiros fazem sexo duas ou três vezes por semana, porém ainda há muitas queixas sobre a qualidade da transa.

A Grécia ganhou o título porque os casais gregos têm o hábito de discutir as relações. Os casais estabelecem diálogos sobre o que cada um gosta e prefere na cama. Esta abertura torna esse povo bem melhor resolvido na área sexual. O que se pode aprender com os gregos é que falar sobre sexo sem censura, medo ou ansiedade é uma boa solução para vencer barreiras ligadas ao desempenho sexual.

A fama no exterior de que o brasileiro é um povo cheio de amor para dar se confirma nos dados colhidos em entrevistas com 26 mil pessoas em 26 países. Homens e mulheres heterossexuais e homossexuais com mais de 16 anos responderam um questionário sobre sua vida sexual. As informações ainda mostram o tempo de cada relação, cerca de 18 minutos no resto do mundo, sendo que no Brasil é de 21 minutos.

Mas, como muitos dizem: quantidade não significa qualidade. Nessa mesma pesquisa, 42% dos brasileiros afirmaram que estão satisfeitos com as relações sexuais. A outra metade reclama de problemas emocionais, falta de tempo e o estresse, como fatores que atrapalham a qualidade das relações. A vida corrida do brasileiro acaba por interferir no sexo porque muitos não se dedicam ao ato de forma intensa e profunda.

Conforme esses números, mesmo que o brasileiro seja o 2º povo que mais transa, ainda não é aquele que oferece mais satisfação sexual para seu par. É preciso repensar algumas áreas da vida sexual e trazer de volta para as relações o romance e  a diversão. Dessa forma será possível amenizar o estresse da rotina diária que interfere no bom desempenho sexual. Uma boa dica é praticar técnicas de relaxamento e meditação para ajudar a qualificar as relações sexuais.

Além disso, problemas como disfunção erétil nos homens também dificulta uma boa transa. A pesquisa aponta que 27% dos homens entrevistados relatam ter passado por momentos constrangedores para obter a ereção na hora H. Algumas mulheres também reclamaram de dor e falta de prazer durante o sexo. Outro dado é que 28% das mulheres sofrem com secura vaginal e outras 27% se queixam da perda da libido.

Confira algumas dicas para melhorar a sua vida sexual:

– Invista em fantasias eróticas para acender a chama da paixão novamente;

– Para sair da rotina marque passeios românticos com seu par;

– Mantenha um diálogo aberto sobre as preferências de cada um na cama;

– Conheça um sexy shop e compre um brinquedo erótico que agrade o casal;

– Pense mais em sexo durante o dia, isso estimula a libido.

O que você achou do resultado dessa pesquisa? Deixe seu comentário.

0

Deixe o seu Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.